Aliados do governador Flávio Dino (PCdoB) voltaram-se hoje (25) contra a coordenadora da bancada maranhense em Brasílía, deputada Luana Costa (PSC).

Dizem os comunistas que, de uma canetada só, a parlamentar “cortou” R$ 50 milhões que seriam destinados à Saúde do Estado.

É mentira.

A pedido dos colegas de bancada, o que Luana Costa fez foi mudar a destinação dos recursos, fruto de emendas impositivas: em vez de cair nas contas do Governo do Maranhão, o dinheiro será destinado diretamente aos municípios.

“Fiz uma reunião com a bancada e depois fui ao Ministério da Saúde verificar se era possível fazer esse direcionamento. Conversamos com a equipe do Ministério e fomos informados de que poderíamos fazer as alterações, inclusive incluir custeios de Atenção Básica. Por isso, fizemos o cancelamento da modalidade de aplicação anterior e solicitamos que cada deputado oficiasse sua indicação dos municípios com o tipo de aplicação referido. Não compreendo que isso seja uma ação política, porque tanto os deputados da base do governador como os que não estão na base manifestaram o interesse de fazer essa alteração. Foi uma medida apenas para contemplar a Bancada, que manifestou o interesse de fazer essa alteração”, declarou a coordenadora da bancada.

É esse o motivo das críticas comunistas.

Veja aqui a lista dos municípios beneficiados.

Publicado por Redação

A âncora de um jornalismo plural, limpo e independente é que torna o portal AmaisZD ponto de encontro entre os formadores de opinião e internautas ligados em tudo que há de novo no universo da informação.